X
Menu
X

20% dos e-mails em todo o mundo nem são abertos

20% dos e-mails em todo o mundo nem são abertos

Um em cada cinco e-mails comerciais em todo o mundo não atinge o destino desejado, de acordo com o Relatório de Benchmark de Entregabilidade 2017 da Return Path. O estudo revela que apenas 80% das mensagens são entregues na caixa de entrada, enquanto as 20% restantes são bloqueadas ou desviadas para a pasta de spam.

A taxa global de entregabilidade atual é apenas 1% superior à apresentada nos relatórios de 2016 e 2015, ou seja, as marcas ainda estão perdendo oportunidades valiosas de gerar receitas significativas com o auxílio do canal de e-mail. A avaliação foi feita com base na análise de mais de dois milhões de mensagens promocionais enviadas à consumidores de todo o mundo entre os meses de julho de 2016 e junho de 2017.

“O e-mail segue como o canal mais popular e efetivo para as marcas no acesso aos clientes, por isso merece uma atenção especial. Se seus e-mails não estão chegando à caixa de entrada, você certamente está perdendo a oportunidade de construir e fortalecer relacionamentos, e de gerar ROI”, ressalta Cecilia Belele, Diretora Regional da Return Path para América Latina. “Inclusive, é preciso ter em mente que a filtragem de e-mail continua a evoluir, pois os provedores aplicam algoritmos cada vez mais sofisticados para entregar apenas o conteúdo que seus usuários realmente desejam”, reforça.

Brasil mantém taxa de 79% – As marcas do Brasil viram a colocação na caixa de entrada se estabilizar em 79%, mesmo índice detectado no período anterior. Entretanto, os profissionais de Marketing canadenses e australianos alcançaram as maiores taxas de entrega em caixa de entrada neste estudo, com uma média de 90%.

Algumas conclusões do Relatório de Benchmark de Entregabilidade 2017:

• França, Espanha e Reino Unido superam a taxa global – Os profissionais de marketing nos países europeus geralmente excederam a taxa global de entrega em caixa de entrada, com médias de 82% (França e Espanha) e 84% (Reino Unido);
• Alemanha passa por queda – Dos países europeus estudados, apenas a Alemanha caiu ligeiramente abaixo da média global com 79% de colocação na caixa de entrada;
• Diferenças de resultados entre setores – Na análise por setor, os que apresentaram relacionamento mais eficiente com os clientes foram os: bancário e financeiro (94%); distribuição e fabricação (92%); e viagens (90%). Na lanterna, ficaram os setores de Educação/ONG’s/Governamentais e Automotivos. Alguns se destacam pelo grande crescimento em comparação ao período analisado anteriormente: Seguros (+13%) e Tecnologia/Software/Internet (+10%).

Setor Taxa
Variação
Bancário e financeiro 94% 2%
Fabricação e distribuição 92% 7%
Viagens 90% -4%
Seguros 89% 13%
Utilidades domésticas/ materiais de construção 88% -7%
Computadores e eletrônicos 86% -6%
Ofertas e recompensas 86% -2%
Alimentos e medicamentos 85% -4%
Tecnologia/Software/Internet 85% 10%
Vestuário 85% -8%
Saúde e estética 83% -6%
Mídia e entretenimento 82% -4%
Negócios e marketing 82% 4%
Automotivos 77% 11%
Social e relacionamentos 77% -1%
Educação/governamental 76% -6%

Fonte: Proxxima

Share
Tags

Nplan Marketing

 

You Might Also Liked

Google libera endereços de e-mail para direcionamento de anúncios Localização é a nova busca Infográfico: os números do email marketing (e 10 dicas para melhorar sua estratégia)
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *