X
Menu
X

Como conseguir mais seguidores no Instagram: um guia para conseguir os primeiros 1.000

Como conseguir mais seguidores no Instagram: um guia para conseguir os primeiros 1.000

Via Hubspot Escrito por Lindsay Kolowich | @lkolow

Provavelmente você já sabe que o Instagram é um canal que cada vez mais leva pessoas e empresas a expandirem suas marcas. Especificamente para as empresas, ele é uma maneira de humanizar a marca, recrutar futuros funcionários, mostrar o produto e a cultura da empresa, encantar os clientes e gerar novos negócios.

Mas preste atenção: A menos que você seja famoso, será muito difícil conquistar uma grande quantidade de seguidores no Instagram sem o mínimo de esforço.

Para a pessoa ou empresa média, são necessários tempo e atenção diários para aumentar a base de seguidores. Você pode até ficar tentado a comprar seu primeiro grupo de seguidores para se manter no jogo. No entanto, esses seguidores são falsos ou têm perfil de baixa qualidade: não têm nenhum valor, a não ser inflar artificialmente a contagem de seguidores. Não espere nenhum envolvimento ou interação comercial significativa com essas pessoas.

Felizmente, existem algumas coisas que você pode fazer de imediato para conseguir pelo menos 1.000 seguidores para sua conta pessoal ou profissional do Instagram. O importante é saber direitinho onde investir tempo e esforço, e é exatamente isso que você verá neste post.

Baixe aqui o guia completo para usar o Instagram para negócios e marketing. (em inglês)

Vejamos como conseguir os primeiros 1.000 seguidores no Instagram, desde a criação de um perfil que atraia seguidores até o uso de concursos para manter-se fiel à sua marca.

Como conseguir mais seguidores no Instagram

1) Crie e otimize seu perfil.

Primeiro o mais importante: personalize seu perfil no Instagram para que ele tenha uma boa aparência, informe aos seus potenciais seguidores quem você é e dê um motivo para eles o seguirem.

Como? Comece atribuindo um nome de usuário fácil de reconhecer e pesquisar, como o nome da sua empresa. Se o nome da sua empresa já tiver sido usado, experimente mantê-lo como a primeira parte do seu nome de usuário, assim as pessoas que estiverem procurando sua empresa terão mais chances de achá-lo. Por exemplo, a linha australiana de roupas esportiva Lorna Jane tem o nome de usuário @lornajaneactive.

(Obs.: insira o nome completo da empresa no campo “Nome” da seção “Opções (o botão de engrenagem no iOS e os três pontos no Android). Ele aparecerá sob sua foto de perfil e seu nome de usuário nas pesquisas.

Em seguida, coloque seu perfil como público. Para isso, abra o Instagram, abra “Opções” e confira se “Conta privada” está desativado.

private.jpg

Em seguida, escolha uma foto de perfil alinhada com sua marca em outras redes sociais, por exemplo, a logomarca da sua empresa.

Preencha sua bio com informações interessantes, úteis e relevantes sobre sua marca. Assim, as pessoas o conhecerão melhor e terão um motivo para segui-lo. Informe quem você é e o que faz, e inclua um toque de personalidade. Veja alguns exemplos para se inspirar:

  • @WeWork: “Make a life, not just a living.” (Viva, não apenas sobreviva.)
  • @Oreo: “See the world through our OREO Wonderfilled lens.” (Veja o mundo com nossas lentes OREO deliciosamente recheadas.)
  • @CalifiaFarms: “Crafting, concocting and cold-brewing up a delicious, plant-based future. Califia Farms Loves You Back” (Elaborando, produzindo e preparando a frio um futuro delicioso à base de plantas. A Califia Farms retribui o seu amor.)
  • @Staples: “We make it easy to #MakeMoreHappen” (Facilitamos sua vida para você #fazeracontecer.)

Agora, adicione um link à sua bio para as pessoas irem direto do Instagram para seu site se quiserem. Esse espaço dedicado às URLs é precioso, pois é o único local no Instagram em que você pode colocar um link clicável. Por isso, use-o com sabedoria. Recomendamos usar um link Bitly curto e personalizado para que seja mais clicável.

Por fim, ative as notificações para ver quando as pessoas compartilharem ou comentarem nas suas fotos. Desse modo, você poderá se envolver com elas mais rapidamente, assim como muitas empresas fazem no Twitter. Para ativar as notificações, vá para “Opções” e “Ajustes de notificações Push”. Selecione “De todos” em todas as categorias.

Um conselho: Não recomendamos que você vincule sua conta no Instagram com o Twitter e o Facebook para que seu conteúdo no Instagram seja publicado automaticamente nessas redes sociais. Os tipos de post são diferentes.

2) Atribua um criador de conteúdo.

Assim como deve haver uma (talvez duas) pessoas gerenciando suas outras contas nas redes sociais, você deve ter uma ou duas gerenciando sua conta no Instagram. Se possível, escolha alguém com experiência no uso de uma conta pessoal do Instagram e que, portanto, conheça bem a plataforma. Ela deve saber todos os recursos úteis do Instagram.

Se você trabalha para uma empresa grande, perceberá que muita gente quer dar opinião sobre o que é postado. Organize um documento com diretrizes ou solicitações úteis para facilitar esse processo. Ele deve informar às pessoas como solicitar um post na sua conta do Instagram, quando fazer isso, o valor do post e os motivos de ser realizado.

3) Aprimore suas habilidades de fotografia e edição.

No Instagram, a qualidade do post é importante. Muito. Seus seguidores do Twitter podem até relevar uns posts mal feitos, mas uma foto ruim no Instagram é um grande pecado. Isso não quer dizer que você tenha que fazer um curso de fotografia para fazer bons posts no Instagram, nem precisa praticar por semanas antes de começar. Mas você pode aprender dicas básicas de fotografia e de edição de fotos.

Habilidades fotográficas

Como o Instagram é um app para dispositivos móveis, provavelmente suas fotos serão feitas no dispositivo móvel. Esse é o esperado. Embora algumas marcas usem fotografia profissional para as fotos do Instagram, a maioria delas usa smartphones. O Instagram foi criado com essa intenção.

Comece lendo este post de blog para fazer fotos incríveis com o smartphone. Aqui estão os destaques:

  • Foque um tema de cada vez.
  • Dê uma chance ao espaço negativo.
  • Encontre perspectivas interessantes.
  • Busque simetria.
  • Capture detalhes.
  • Faça seus seguidores rirem.

(Clique aqui e veja todas as 18 dicas para tirar ótimas fotos com seu smartphone.)

Habilidades de edição de fotos

O Instagram tem algumas funções de edição básicas, mas é comum elas não serem adequadas para que uma foto fique realmente boa. A maioria das fotos deve passar por um ou dois apps de edição no dispositivo móvel antes de serem usadas no Instagram pela primeira vez.

Leia este post de blog para ver uma lista dos melhores apps de edição de foto e vídeo para dispositivos móveis (em inglês). Esses apps fazem de tudo, desde deixar algumas partes da foto mais nítidas até aplicar brilho a tons mais escuros para que ela pareça mais viva.

4) Comece a postar.

Depois de criar e otimizar seu perfil, designar alguém para gerenciá-lo e aprender um pouco mais sobre fotografia no celular, chegou a hora de começar a postar. Antes de começar a se envolver com as pessoas, é recomendável que você já tenha publicado um número considerável de posts (por exemplo, 15) como base de partida. Assim, quando as pessoas visitarem seu perfil, verão uma tela cheia de fotos, em vez de apenas algumas, e saberão que você posta conteúdo de qualidade com frequência.

Com o tempo, crie um pacote de fotos para momentos de necessidade, por exemplo nos finais de semana e durante suas férias.

Mantenha suas personas-alvo em mente quando começar a planejar seu cronograma de posts, pois isso pode mudar significativamente o momento e a frequência de posts (especialmente se você estiver se direcionando a um público em fusos horários diferentes).

Como a otimização de seu cronograma para o público específico exige tempo e experimentação, criamos este infográfico com dados recentes dos melhores momentos para publicar em cada rede social para você começar. Nossas fontes descobriram que o melhor momento para postar no Instagram é segunda e quinta-feira em qualquer horário, exceto entre 15h e 16h do fuso horário da sua persona-alvo. 

Entretanto, como o Instagram é fundamentalmente um app para dispositivos móveis, os usuários tendem a utilizar a rede sempre, em qualquer lugar (apesar de muitos deles se envolverem mais com conteúdo nos momentos de folga do que nos dias úteis). Algumas empresas também observaram sucesso com os posts entre 14h e 17h e nas quartas-feiras, às 19h. Faça um teste para ver se funciona com seu público.

5) Seja curador de parte de seu conteúdo.

Embora o melhor seja ter uma ou duas pessoas gerenciando a conta, essas pessoas não podem estar em todos os lugares de uma só vez tirando fotos. Como foi aquela noite dos engenheiros no restaurante japonês? E aquele evento em que o diretor de vendas se apresentou no começo da semana? Existe uma enorme variedade de conteúdos para postar no Instagram, não há como apenas uma pessoa dar conta de tudo.

Uma solução? Crie um sistema em que você seja o curador das fotos e do conteúdo dos membros da equipe. Há algumas maneiras de fazer isso. Uma delas é criar um endereço de e-mail específico para funcionários enviarem suas fotos, vídeos curtos, memes, hyperlapses e assim por diante. Incentive as pessoas a incluírem uma linha de assunto nesses e-mails, assim fica mais fácil classificar as fotos que elas estão enviando. Pode não parecer, mas essa é a maneira mais simples de ser curador de fotos, é a mais fácil para as pessoas enviarem fotos. Quanto mais fácil for para elas enviarem conteúdo, mais material você terá.

Se sua equipe compartilha uma conta do Box ou Dropbox, você também pode criar uma pasta compartilhada para as pessoas colocarem fotos e vídeos automaticamente. Isso inclui mais algumas etapas para elas enviarem conteúdo e talvez nem todos tenham baixado o app nos telefones.

6) Escreva legendas interessantes e dignas de serem compartilhadas.

As fotos e os vídeos podem até ser a parte mais importante de seus posts no Instagram, mas nunca menospreze o poder das legendas. Elas são essenciais para o post, são a cereja do bolo. Legendas consistentemente boas podem ter um grande impacto e humanizar sua marca, conquistar mais seguidores e tornar seu conteúdo mais compartilhável, o que dá mais exposição a você.

Meu colega Ryan Bonnici me contou uma vez, por exemplo, que ele adora a conta do Frank Bod no Instagram, por causa de suas legendas: “As legendas espirituosas dele serão sua nova obsessão.” Em uma foto de um cordão de ouro, a legenda de @frank_bod dizia: “I can’t give you jewellery, but I can give you the smoothest décolletage to wear it on, babe. #letsbefrank.” (“Eu não posso lhe dar joias, mas posso dar o decote mais bacana para você usá-las, querida. #sejamoshonestos.”)

O tom é cheio de personalidade. Observe a hashtag irreverente #letsbefrank, que costuma acompanhar legendas como essa. Os seguidores de Frank Bod usam a hashtag para postar fotos deles mesmos cobertos no produto, como os próprios modelos da marca, o que é uma ótima maneira de interagir e se aproximar da marca.

7) Use hashtags relevantes.

Vamos voltar a falar de hashtags um pouco. No Instagram, as hashtags vinculam conversas de usuários diferentes que não se conectariam em um único fluxo. Se você usa hashtags pertinentes, seus posts são expostos a um público maior do que aquele que segue você ou sabe da sua marca.

A chave para usar hashtags com eficiência é ser inteligente e moderado. Tente limitar o número de hashtags por legenda a três. Da mesma forma, não use hashtags “like for like”, como “like4like ou #like4likes”. Essa é uma tática baixa que atrairá vários seguidores de baixa qualidade.

Para encontrar as hashtags que seu público pode estar usando, pesquise no seu nicho de mercado ou setor. A maneira mais fácil de fazer essa pesquisa é no próprio app do Instagram, na guia “Explorar” (o ícone de lupa). Quando você pesquisa uma hashtag, o programa mostra uma lista das hashtags relacionadas na parte superior da tela. Por exemplo, quando pesquiso #inboundmarketing no Instagram, ele mostra hashtags relevantes, como #marketingdigital, #marketingtips e assim por diante.

explore.jpg

Para ajudar você a se relacionar com seus seguidores em um nível mais pessoal, adote tendências de hashtags, como #tbt (“Throwback Thursday”), #MotivationMonday, #TransformationTuesday ou aquelas que são tendência em um determinado momento. Veja um post da conta da @HubSpot usando a hashtag #MotivationMonday:

Depois de ganhar uma boa quantidade de seguidores, você poderá tentar criar suas próprias hashtags, como o nome da sua empresa ou um slogan aplicável as suas fotos. Essa é uma ótima maneira de promover sua marca na plataforma e criar uma presença mais coesa.

8) Interaja com outros usuários, incluindo seus seguidores.

O Instagram é uma comunidade e uma das formas de se envolver nessa comunidade é encontrar as pessoas que postam fotos interessantes e seguir as contas delas para interagir com o conteúdo. Essa é a forma mais natural de chamar atenção para sua conta no Instagram, ao mesmo tempo em que você participa da comunidade e se inspira com o conteúdo de outras pessoas.

Você é beneficiado de duas maneiras: Em primeiro lugar, quando as pessoas recebem a notificação de que você as seguiu, elas podem conferir sua conta e decidir se querem ou não segui-lo. (Por esse motivo é importante ter conteúdo interessante postado antes de começar a se envolver com outras pessoas.) Segundo, isso significa que você verá os posts recentes delas no seu feed, assim poderá curtir e interagir com elas se quiser.

À medida que você aumentar sua base de seguidores, celebre-os e demonstre o quanto você dá valor a eles, respondendo aos comentários e até mesmo seguindo-os e se envolvendo nos posts deles.

9) Faça uma promoção entre usuários que tenham públicos semelhantes ao seu.

Quando você criar uma relação sólida com algumas das pessoas por trás dessas contas que têm público semelhante ao seu, sugira uma promoção que abranja todas as contas. Quanto mais natural for o conteúdo dessas promoções entre contas e menos ele se parecer com spam (especialmente as legendas), melhor. Além disso, vale a pena ser seletivo e não fazer isso com muita frequência.

Veja a seguir um exemplo da blogueira de culinária @sprinklesforbreakfast e do fotógrafo @graymalin, que fizeram uma promoção cruzada de suas contas ao mesmo tempo:

10) Realize concursos no Instagram.

Outra maneira de expandir seu alcance e aumentar o envolvimento com suas fotos é publicar um concurso de promoção de posts, pedir às pessoas para seguirem sua conta e curtirem ou comentarem na foto para entrarem.

Você também pode adicionar um elemento de UGC (conteúdo gerado por usuário) ao concurso, em que as pessoas postam uma foto delas e usam uma hashtag específica, além de seguirem sua conta. Veja um exemplo de um post do Starbucks promovendo um concurso do UGC na conta deles do Instagram.

(Leia este post para obter mais dicas sobre como realizar um concurso do Instagram com êxito.) (em inglês)

11) Compartilhe as histórias do Instagram em vídeos ao vivo.

O Instagram sempre ofereceu a oportunidade de postar fotos lindas e curadas para representar sua marca. No entanto, com a introdução do Instagram Stories (de duração temporária), as marcas também podem fazer compartilhamentos rápidos dos bastidores durante 24 horas por dia. Talvez eles não sejam tão elaborados quanto uma foto publicada, mas dão mais personalidade à sua marca na plataforma. Com a explosão de popularidade do Snapchat, ficou claro que usuários das mídias sociais estão reagindo positivamente ao compartilhamento efêmero de fotos e vídeos. Com as histórias do Instagram, as marcas podem se envolver com usuários de maneiras diferentes para cultivar lealdade e apelo.

Além disso, elas permitem que os usuários compartilhem vídeos ao vivo (em inglês), outro formato de conteúdo cada vez mais popular nas redes sociais. O que os vídeos ao vivo têm de especial no Instagram? Eles somem quando os usuários param de filmar. Essa experiência bidirecional autêntica permite que as marcas compartilhem momentos espontâneos com seu público para incorporar elementos humanos em uma plataforma de mídia social que é altamente editada e polida em seu uso tradicional.

Como as marcas podem usar o Instagram Stories

Não podemos incluir o Instagram Stories neste artigo (elas desaparecem em 24 horas), mas recomendamos que você siga algumas marcas para ver o que elas estão compartilhando.

Rachel Brathen (@yoga_girl) é uma professora de ioga e empreendedora de Aruba que usa o Instagram Stories para documentar a ação de bastidores de um estúdio de ioga. Enquanto seu perfil do Instagram mostra fotos lindas e profissionais e vídeos de suas poses na ioga, as histórias mostram o cachorro dela sentado em reuniões de equipe, os funcionários desembalando cristais de ametista para decorar o estúdio e artistas pintando as paredes. Ela usa as histórias para mostrar o outro lado de sua marca aos seus 2 milhões de seguidores de uma maneira autêntica e natural, e para informar esses seguidores sobre o que ela faz todos os dias (além da ioga, claro).

Dana Shultz (@miniamlistbaker) publica receitas veganas e sem glúten em seu blog. As histórias são vídeos práticos passo a passo de Dana preparando o café da manhã e testando novas receitas na cozinha. O aspecto de bastidores de suas histórias oferece bastante contexto humano à marca do blog. Todo mundo adora um bom vídeo passo a passo.

Casper (@casper) publica conteúdo excêntrico no Instagram para anunciar seus colchões. Sem exagerar. O principal tema do conteúdo? Ficar em casa é melhor que sair (porque você pode ficar em casa e deitar-se em um confortável colchão Casper, evidentemente). Eles até criaram uma galeria de seguidores para usarem como fundo para o Snapchat e para as histórias do Instagram. Assim, parece que estão em uma festa quando, na realidade, estão deitados na cama. Uma das histórias mais recentes deles no Instagram tinha uma pessoa assistindo a “Os Sopranos” na cama, com a legenda: “Who needs plans when you have five more seasons?” (Quem precisa de planos para sair quando tem mais cinco temporadas pela frente?) Esse vídeo valida a campanha da Casper de ficar na cama, pois mostra uma visão bem realista do que milhões de pessoas fazem quando estão de bobeira em casa.

Veja nossas dicas para usar o Instagram Stories com a sua marca:

  • Não importa se você será divertido, triste ou diferente: seja autêntico. A sua galeria de fotos é o local para o conteúdo perfeito e editado. O Instagram Stories traz conteúdo sem roteiro e sem retoques. Use para compartilhar o outro lado da sua marca que seus seguidores talvez não consigam ver em outro lugar. O seu escritório aceita cachorros? Sua equipe está fazendo o Desafio do manequim? Comece a filmar e mostre o lado humano da sua marca.
  • Mostre os bastidores. Esse é, de longe, nosso tipo favorito de conteúdo para compartilhamento efêmero de vídeo. Mostre aos seguidores o que ocorre durante o planejamento de um evento ou no lançamento de um produto. Seus seguidores querem se sentir incluídos e por dentro, e você pode usar as histórias para cultivar um programa de fidelidade da marca que só premia as pessoas que conferem seu conteúdo.
  • Entre ao vivo. O vídeo ao vivo é uma tendência crescente em várias plataformas de mídias sociais. Por isso, se algo interessante estiver acontecendo, comece a filmar. Pode ser o aniversário de alguém da equipe, uma reunião ou um animal fofo: seus seguidores querem saber como é sua vida no dia a dia. Leve as histórias para outro patamar compartilhando-as à medida que acontecem (e promovendo-as no Twitter ou no Facebook para que os seguidores se conectem).

Experimente usar as histórias e o conteúdo efêmero ao vivo para atrair novos seguidores e aumentar o envolvimento com os que você já tem.

Deixe seu perfil fácil de encontrar e seguir.

Coloque um botão de seguir na sua página inicial, na página “Sobre nós” e em vários outros locais do seu site. Você pode gerar aqui um botão “selo” que vincula à sua conta no site do Instagram. Não deixe de conferir se você está conectado na conta certa ao criá-lo. Veja como são as opções do selo:

Instagram
Se sua marca tem endereços físicos, distribua sinalizações com call to action para que as pessoas saibam que você tem uma conta no Instagram e incentive-as a segui-lo.

Além disso, promova sua conta do Instagram em contas de outras mídias sociais. A probabilidade é que as pessoas que já o seguem no Facebook ou no Twitter também o seguirão no Instagram. Informe aos seguidores que você está no Instagram e incentive-os a segui-lo incluindo um link para sua conta na bio e nos posts de outras contas de mídias sociais.

Experimente: faça um perfil e comece a postar, testar, ajustar e promover sua conta. Conseguir uma boa base de seguidores no Instagram não ocorre da noite para o dia, mas quanto mais forte for a base que você criar na sua conta em seu nicho de comunidade no Instagram, melhor qualidade terão seus seguidores.

Você tem outras dicas para conseguir seguidores no Instagram? Compartilhe conosco nos comentários.

Nota do editor: originalmente, este artigo foi publicado em fevereiro de 2016 no blog americano da HubSpot e foi traduzido e atualizado para melhorar sua precisão e abrangência.

Nplan Marketing

 

You Might Also Liked

Como usar o Instagram em benefício do seu negócio Instagram anuncia novidades para anunciantes Old Spice cria game para Instagram Instagram lança suporte para imagens em alta resolução Ford se conecta com Instagram para mostrar sua vida em um segundo 5 maneiras de crescer e engajar consumidores com apps mobile Infográfico: os números do email marketing (e 10 dicas para melhorar sua estratégia)
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *