X
Menu
X

Como ter um marketing mais estratégico e menos operacional

Por Autor Convidado, pela Rock Content.

As estratégias de marketing são importantíssimas, mas muitas vezes são deixadas de lado por conta dos processos operacionais. Atualmente, existem formas de deixar uma equipe mais estratégica e menos operacional, você só precisa estar atento às dicas!

Tornar o marketing de uma empresa mais estratégico significa analisar e reestruturar todo o seu plano de marketing. Isto é, encontrar formas de potencializar as estratégias do marketing e trazer melhores retornos para a marca, como a consistência, reconhecimento e melhores experiências para o consumidor.

Se você é um profissional da área, ou tem uma equipe interna de marketing na sua empresa, já deve entender que, de tempos em tempos, é importante analisar e reestruturar o plano estratégico do marketing com o intuito de ser cada vez mais certeiro.

No entanto, ao realizar diversas modificações, inúmeras táticas diferentes e ainda assim não conseguir atingir os resultados esperados, acaba sendo um pouco desesperador! 

Mas, calma! Nós vamos te ajudar nessa jornada. Continue conosco!

Por que as minhas estratégias não trazem grandes resultados?

Muitas empresas começam a divulgar a sua marca sem realizar as devidas pesquisas de mercado e sem definir um plano de marketing eficiente. Então, as suas abordagens ficam inconsistentes e o alcance das ações são fracos.

Por isso, o grande primeiro passo para potencializar as estratégias do time de marketing, é definir o plano de marketing

“Um plano de marketing detalha tudo o que você precisa saber para promover seus negócios com sucesso”.

Comece o seu plano de marketing

Antes de começar a criar seu plano, é importante ter um entendimento sólido do que exatamente ele é. Normalmente, incluído como parte ampliada do seu plano de negócios geral, um plano de marketing é exatamente o que parece: um documento que detalha tudo o que você precisa saber para promover seu negócio com sucesso. 

1. Defina a Persona

O primeiro passo na construção de sua estratégia de marketing é saber para quem você está comercializando. Isso garante que seus esforços de marketing sejam focados e, como resultado, você obterá o retorno do investimento que deseja.

“Conhecer o cliente por dentro e por fora será útil ao identificar estratégias de marketing”.

Uma maneira comum de fazer isso é criar uma persona (características/comportamentos gerais do seu potencial cliente). Ao criar uma persona, você pode ter certeza de que está fazendo marketing para pessoas que estão realmente interessadas no que você tem a oferecer.

Tendo, assim, maiores índices de aprovações e economizando tempo com estratégias sem retornos significativos. 

Por que eles compram de você? Que desafio ou ponto de dor você está resolvendo para eles? Como eles gastam tempo livre? Para quais tomadas eles buscam informações? Reúna todas as informações que encontrar e inclua-as nesta seção. Conhecer o cliente por dentro e por fora será útil na identificação de táticas e estratégias de marketing.

Encontre uma maneira de incentivar as pessoas a fazer entrevistas com você, potencialmente oferecendo a elas um desconto ou um produto gratuito em sua loja. Qualquer que seja sua solução, seu objetivo deve ser descobrir o que as pessoas realmente estão pensando quando veem sua loja.

2.  Analise o mercado

Nenhum negócio existe no vácuo, mesmo que você seja a única marca no mercado em seu nicho específico. Pode-se garantir que, mais cedo ou mais tarde, você encontrará com alguma concorrência e eles terão suas próprias ideias sobre a melhor maneira de adquirir clientes.

É por isso que é importante dedicar algum tempo à pesquisa de marketing da concorrência.

Antes de você ter uma ideia errada, porém, o objetivo de executar uma análise da concorrência é ajudá-lo a descobrir o que você pode fazer melhor ou diferente do que o resto da multidão. Não é para que você possa replicar todos os seus movimentos, mas para que você:

• descubra o que está funcionando para eles e faça melhor;
• encontre oportunidades inexploradas.

3. Defina os melhores canais  

Há uma grande variedade de maneiras de colocar sua mensagem de marketing na frente de seus clientes potenciais, mais do que nunca, de fato.

Você pode seguir a rota tradicional da publicidade e colar anúncios em jornais e outdoors — ou experimentar táticas mais modernas e em constante evolução, como SEO e Marketing de Conteúdo.

Qualquer que seja o caminho que você siga, você precisa descobrir quais canais usará para transformar seu público-alvo em clientes em potencial e depois em clientes.

Embora possa ser tentador usar tudo de uma vez e adotar um tipo de abordagem “dispersa”, tudo o que você estará fazendo é desperdiçar recursos preciosos em canais que não garantem retornos.

4. Organize a sua gestão  

Organize a estrutura da sua gestão e defina o percurso que cada tarefa possui no processo de criação. É importante ter uma análise completa da estrutura do seu marketing, como também saber as metas, métricas, objetivos e estratégias.

Além disso, a organização auxilia para que os projetos de marketing sejam realizados em menor tempo, sem distrações e sem desperdício de recursos e de tempo. A organização é crucial para controlar a qualidade do marketing. 

5. Crie um checklist de metas

Alcançar um objetivo da noite para o dia não existe. Para que seu time não fique perdido, faça um checklist para que, dia após dia, eles consigam chegar ainda mais perto de baterem as metas. O essencial é deixar esses números bem visíveis para toda a empresa. E, quando os objetivos forem alcançados, deixe em evidência a competência deles e valorize os seus esforços. 

É esse tipo de iniciativa que contribui para um clima de maior transparência e de motivação para que o time atinja as próximas metas. 

6. Melhore a comunicação interna

Implemente uma cultura de um time bem alinhado e com uma comunicação interna bem estruturada. Muitas vezes, a dúvida de um colaborador pode solucionar o problema de outro. Manter uma boa comunicação com o seu time aumenta drasticamente o seu desempenho.  A Comunicação interna (também conhecida por CI) é tudo sobre os processos de comunicação entre as pessoas de uma mesma corporação. Engloba a cultura interna da comunicação da empresa, envolve produção e a entrega de mensagens. Isto é, facilita o diálogo entre os funcionários que compõem a organização. 

Portanto, a CI envolve qualquer coisa relacionada a comunicação interna: desde informar as pessoas sobre uma nova campanha até mesmo programar uma nova reunião. 

7. Integre a estratégia externa

Tenha em mente que os objetivos de uma estratégia de marketing interna devem corresponder aos negócios da sua empresa e da sua estratégia externa.

Ainda não entendeu?

Veja bem: se a meta da empresa que você trabalha é aumentar as vendas em 15% no primeiro mês, é seu dever criar uma estratégia interna ou implementar estratégias alinhadas para que o seu time bata essa meta. Existem algumas ferramentas que podem impulsionar as suas estratégias de marketing, não hesite em procurá-las.

É importante destacar que cada equipe de marketing possui as suas variáveis, principalmente por questões de mercado, persona, estilo de venda e abordagens de comunicação.

No entanto, esse plano de marketing, se implementado corretamente, com toda certeza alavancará os seus resultados, tornando a sua equipe de marketing mais estratégica e menos operacional. 

Texto realizado por Deskfy.

Nplan Marketing

 

You Might Also Liked

Por que você deve apostar no email marketing em 2020 Como Marketing de Conteúdo ajuda na prospecção ativa 9 dicas para você aumentar sua conversão online em 2020 A reinvenção do QR Code no marketing 5 dúvidas que você não precisará mais ter sobre Design Thinking IBM vende sua plataforma de marketing Uma nova era no varejo, mais digital e mais humana Campanha multitelas de Ovomaltine inova comunicação em TV Conectada
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *