X
Menu
X

Entendendo o atual (e complicado) cenário do marketing

Entendendo o atual (e complicado) cenário do marketing

Via Sprinklr

Por Uyen Nguyen publicado em Quarta-Feira, Junho 28, 2017

Até recentemente vivíamos em um mundo totalmente corporativo. Os profissionais de marketing (ou marketers) faziam uso de processos estabelecidos e seguiam uma fórmula padrão: criar uma mensagem, distribuí-la amplamente e alcançar muitas pessoas. Isso funcionava nos canais tradicionais, como TVs, outdoors e materiais impressos. E também significava que não havia motivo para os marketers mudarem sua abordagem.

Então, as mídias sociais chegaram e viraram esse mundo de cabeça para baixo. Agora, as áreas de marketing podem alcançar os clientes em um número cada vez maior de pontos de contato. E esses clientes esperam se comunicar com as marcas em suas plataformas favoritas, no seu próprio tempo e por meio de mensagens personalizadas e relevantes.

Essa é a realidade do nosso novo mundo não-corporativo.

Para obter sucesso, os profissionais de marketing e comunicação primeiramente devem compreender o cenário deste mundo não-corporativo. Aqui está o que eles precisam saber.

Os clientes estão no controle

As mídias digitais criaram uma nova geração de clientes conectados e empoderados. Agora, esses clientes podem falar diretamente com as marcas e entre eles próprios — e qualquer pessoa do mundo pode visualizar isso. Considere o fato de que existem 100 milhões de avaliações apenas no Yelp, sendo que cada uma delas pode influenciar os clientes a comprar com uma marca ou procurar um concorrente.

Como resultado, as marcas não podem mais confiar nos processos tradicionais de marketing. Elas devem colocar o cliente na linha de frente de cada estratégia e ampliar essa abordagem em toda a organização. Caso contrário, ficarão para trás.

Como disse Ian Rogers, Diretor Digital da Moet Hennessy Louis Vuitton: “A internet reconectou as pessoas de uma forma que elas jamais estiveram conectadas antes, além de proporcionar escolhas ilimitadas aos consumidores”.

A experiência do cliente é fundamental

Em um mundo não-corporativo, a experiência do cliente é tudo o que importa. Ela dita como os clientes se sentem sobre sua marca, se farão ou não uma compra e o que dizem sobre sua empresa online.

Infelizmente, muitas empresas não estão preparadas para essa mudança. Mais de 80% dos executivos concordam totalmente que entregar uma experiência superior é importante para o sucesso do negócio. Apesar disso, somente 34% concordam que suas organizações estão preparadas para entregar experiências superiores aos clientes.

Por isso, é essencial que os marketers compreendam o cenário desse mundo não-corporativo. Assim que o fizerem, eles poderão começar a criar estratégias que lhes permitam entregar experiências engajadoras a consumidores empoderados ao redor do mundo.

As mídias sociais são cruciais para o sucesso

As mídias sociais estão no centro dessa transformação do marketing. Os clientes utilizam canais sociais para exercer seu novo poder e buscar experiências personalizadas que sejam relevantes aos seus interesses. É por isso que quem trabalha com marketing deve começar a redirecionar seu orçamento direcionado à plataformas tradicionais para as plataformas digitais e sociais.

A Microsoft, por exemplo, criou uma Central de Comando de Mídias Sociais que coleta 150 milhões de conversas no social a cada ano. A equipe de social, então, encaminha conversas relevantes aos devidos departamentos internos e entrava em contato direto com os clientes por meio de mensagens personalizadas.

A Microsoft também não está sozinha. As principais empresas sabem que as mídias sociais são a chave para entregar experiências superiores aos clientes. Essas empresas continuam dominando o mercado e investindo mais que seus concorrentes. Porém, elas não chegaram lá sem primeiramente compreender e aceitar a natureza do atual (e complicado) cenário do marketing.

Nplan Marketing

 

You Might Also Liked

Enquetes do Instagram agora podem ser feitas por mensagens diretas Cabelos lisos já são minoria em comerciais de TV Spotify deixa usuários de versão gratuita pularem anúncios Marta: o outro lado visível do marketing esportivo Você já tem um avatar para experimentar roupas online? Dia dos Namorados Mulheres ocupam 45% dos cargos em marketing nos EUA Twitter aponta estratégias para 2018
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *