X
Menu
X

Facebook está banindo conteúdos que fazem relação entre o 5G e o coronavírus

Por Redação via CanalTech

Essa é uma daquelas coisas que ninguém sabe como surge, mas acontece: o fato é que estão circulando pela internet diversas teorias da conspiração que afirmam que a tecnologia 5G está ajudando a disseminar o Covid-19 por todo o Reino Unido. O resultado? Torres e postes que abrigam as antenas desta rede estão sendo incendiadas por quem acreditou nesse absurdo. E agora, fez o Facebook entrar em ação.

Com o aumento dos atos de vandalismo, a rede social afirmou que está removendo postagens que fazem relação entre a implantação da rede 5G e a disseminação do coronavírus. Segundo o jornal The Guardian, o Facebook teria sofrido pressão do governo britânico para banir conteúdos que fizessem menção ao assunto, já que ele estaria ameaçando o patrimônio público da região.

Para evitar dores de cabeça com o poder público britânico, o YouTube também anunciou que está removendo vídeos que levantam o mesmo tipo de conspiração.

Tudo começou na China…ou não

Em relato ao The Guardian, um membro do alto escalão de uma operadora do Reino Unido afirmou que a teoria entre o 5G e o coronavírus teria ganhado força a partir do surgimento de um mapa que mostrava uma sobreposição entre países que tivera casos de Covid-19 com aqueles que lançaram suas redes da dados móveis de quinta geração. No entanto, como era de se esperar, o tal mapa não apresentava nenhum tipo de dado minimamente preciso que comprovasse tal relação.

Além disso, outras coincidências ajudaram a teoria a se propagar Uma delas afirma que Wuhan foi a primeira cidade do mundo a receber 5G e, logo depois, ela se tornaria o marco zero da pandemia. Mas o que os paranoicos de plantão não contam é que Wuhan recebeu cobertura 5G em agosto do ano passado, ou seja, quase 18 meses depois que a operadora O2 lançou seu primeiro teste de 5G em território britânico. Além disso, países que não contam com essa tecnologia, como o Irã (ou até o Brasil) têm visto um número incrivelmente alto de casos de coronavírus.

Além do Facebook e Instagram, as postagens sobre o assunto foram compartilhadas também pelo Instagram. Para piorar, muitas das contas que compartilham esse tipo de conteúdo são verificadas e possuem centenas de milhares de seguidores. Além da teoria da conspirção, vídeos mostram antenas e postes dotados de 5G pegando fogo em cidades como Birminghan e municípios do condado de Merseyside, onde fica Liverpool.

O que diz a teoria?

Segundo a BBC, a teoria que vem ganhando a internet britânica dá conta de que o 5G seria, de alguma forma, responsável pela pandemia do Covid-19. Tal delírio teria surgido a partir de janeiro, quando a China começara a combater a epidemia com mais seriedade e os primeiros casos apareceram nos EUA.

A teoria chama a atenção para dois fatores: o primeiro dá conta de que o 5G poderia comprometer o sistema imunológico, deixando as pessoas mais expostas à contaminação do Covid-19. Já o segundo ponto afirma que o próprio 5G também conseguiria transmitir o coronavírus entre a população.

Claro que a teoria não explica o 5G conseguiria essas duas proezas. Além disso, toda a comunidade científica classificou o assunto como um “absurdo total”, já que estea rede de dados móveis sequer é potente o suficiente para oferecer qualquer tipo de dano à saúde das pessoas.

Fonte: The Guardian / BBC  

Share
Tags

Nplan Marketing

 

You Might Also Liked

Qual é o conteúdo ideal para postar em cada rede social? Estratégia Kernel: aprenda como fazer marketing e conteúdos que realmente geram resultados
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *