X
Menu
X

Internet das coisas é utilizada por 48% das empresas no mundo

Um levantamento da consultoria de risco Marsh, realizado junto a 700 executivos de 60 países, incluindo o Brasil, no primeiro semestre deste ano, revela as tecnologias mais presentes no mundo corporativo. A Internet das Coisas — conexão de aparelhos eletrodomésticos, eletroportáteis, máquinas industriais, meios de transporte conectados à Internet — é a segunda tecnologia mais usada com presença em 48% das empresas, ficando atrás apenas da Telemática (52%) — conjunto de serviços informáticos fornecidos através de uma rede de telecomunicações.

A Internet das coisas é um dos conceitos tecnológicos que mais produzem ações que impactam na vida cotidiana. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) estima que inciativas que envolvem esse tipo de tecnologia vão movimentar cerca de US$ 132 bilhões na economia brasileira até 2025. Saúde, cidades, indústria e rural são as áreas que mais vão receber investimentos.

O levantamento da Marsh também destacou outros conceitos tecnológicos utilizados pelas empresas no mundo. A Fintech, novas tecnologias financeiras, tem 41% de participação e a Inteligência Artificial 28%. Confira abaixo a lista das 13 tecnologias mais usadas no mundo corporativo:

  • 52% – Telemática (conjunto de tecnologias da informação e da comunicação resultante da junção entre os recursos das telecomunicações e da informática, para processamento, compressão, armazenamento e comunicação de grandes quantidades de dados).
  • 48% – Internet das coisas (conexão de aparelhos eletrodomésticos, eletroportáteis, máquinas industriais, meios de transporte conectados à Internet.
  • 48% – Sensores (para rastrear, analisar e prever)
  • 44% – Edifícios inteligentes
  • 41% – Novas tecnologias financeiras (Fintech)
  • 34% – Drones
  • 31% – Impressão 3D
  • 29% – Economia compartilhada
  • 28% – Robótica
  • 28% – Inteligência artificial
  • 25% – Tecnologias “usáveis”
  • 13% – Veículos autônomos
  • 8% – Blockchain (sistema de registros que garante a segurança das operações realizadas por criptomoedas – as Bitcoins)

A pesquisa “Excelência na Gestão de Riscos” foi realizada pela Marsh, em parceria com a RIMS (Risk & Insurance Management Society), entidade internacional especializada em estudos sobre gestão de risco. Participaram do estudo 700 executivos da diretoria executiva e gestores de riscos de organizações de 60 países.

Fonte: Canal Tech

Nplan Marketing

 

You Might Also Liked

CRO e SEO: entenda a importância do casamento entre essas estratégias Quem não se transforma, não sobrevive 6 dicas importantes para quem está empreendendo A famosa Internet das Coisas 10 principais tendências em Internet das Coisas até 2023 WhatsApp lança ferramenta de monetização voltada para empresas Microsoft pode lançar outra variante do Windows 10 para empresas A importância da publicidade digital nas empresas
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *