X
Menu
X

Projeções indicam que 2019 será um ótimo ano para o mercado mobile

Projeções indicam que 2019 será um ótimo ano para o mercado mobile

A empresa de análise do mercado de aplicativos App Annie publicou em seu blog cinco previsões da empresa para o mercado de aplicativos no ano de 2019 — e até Harry Potter foi citado nelas. Para a empresa, o próximo ano será um marco na história do mercado de aplicativos.

Gasto na App Store será de pelo menos US$ 122 bilhões

Valor gasto mundialmente da App Store desde 2016 e previsão para 2019 (Imagem: App Annie)

A App Annie acredita que o consumo de aplicativos na App Store crescerá cinco vezes mais do que a economia global, o que fará com que o valor gasto pelos consumidores na loja da Apple ultrapasse os US$ 122 bilhões, o que significaria que as pessoas gastariam ali o dobro de toda a arrecadação mundial de bilheteria nos cinemas somando-se todos os filmes exibidos em um ano.

E nisso não estamos falando do mercado de aplicativos como um todo, mas apenas do que será arrecadado com a compra de aplicativos na loja da Apple — sem levar em conta outras lojas de apps (como a Play Store), a receita gerada por anúncios dentro dos aplicativos e nem as vendas feitas em aplicativos de comércio e serviços (como Uber ou o app da Amazon).

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O principal motivo desse crescimento serão os jogos móveis: em 2019, 75% de todas as compras de aplicativos feitas em dispositivos móveis serão relativas a jogos (seja na compra do jogo em si ou em itens dentro do jogo nas famigeradas microtransações), e como o setor de jogos móveis continuará tendo o maior crescimento de toda a indústria de videogames, ele também será o principal responsável pelo crescimento do mercado de aplicativos.

Jogos móveis crescerão 60%

Gasto anual em jogos desde 2013 no mercado mobile em comparação com todos os outros mercados (Imagem: App Annie)

2018 foi o ano em que vimos crescimento do mercado de jogos móveis “hardcore”, com o avanço da tecnologia dos smartphones permitindo que títulos como PUBG e Fortnite lançassem suas versões móveis, o que fez com que diversos usuários de PC e console migrassem para a categoria.

Outro acontecimento importante deste ano foi a emergência dos jogos cross-platform, que permitem que jogadores de PC, consoles e celulares joguem todos juntos, dividindo o mesmo servidor e se enfrentando nas mesmas fases.

Como resultado dessas mudanças, a App Annie aposta que em 2019 o mercado de jogos será menos “separado” em plataformas e mais conectado entre todas elas, e essa diminuição de barreiras deverá fazer com que cada vez mais empresas resolvam entrar no mercado de jogos móveis — como já vimos no fim deste ano com a Bethesda e a Blizzard anunciando novos lançamentos de suas franquias mais famosas em versões para smartphones.

Mas não apenas o mercado “hardcore” deverá crescer em 2019. A empresa acredita que a categoria de jogos casuais continuará a constante expansão dos últimos anos. E é o crescimento de ambos os tipos de jogos que fará com que o mercado de jogos móveis cresça 60% em 2019. As primeiras instalações das redes 5G também deverão levar as desenvolvedoras a experimentarem novas mecânicas de multiplayer móvel, o que ajudará a amplificar não só a popularidade dos smartphones como uma plataforma séria para jogos como ainda os streamings feitos a partir desses aparelhos.

Consumo de mídia via streaming

Consumo mundial em apps de entretenimento desde 2016 (Imagem: App Annie)

Pesquisas indicam que cada pessoa passa cerca de sete horas e meia por dia consumindo conteúdos de mídia, e essa atividade inclui ler livros, ouvir músicas, assistir TV e até mesmo criar novas postagens nas redes sociais. E, em 2019, a cada hora gasta em consumo de mídias, 10 minutos deste período serão dedicados ao streaming de vídeos em dispositivos móveis. Expandindo para o dia inteiro, isso quer dizer que, em média, passaremos 75 minutos por dia assistindo a vídeos no celular em aplicativos como o da Netflix, valor equivalente a pouco mais de 15% de todo o consumo de mídia individual diário.

Comparado com 2016, o tempo total gasto com aplicativos de streaming de vídeo deverá crescer cerca de 110% em 2019, enquanto o uso de aplicativos de entretenimento crescerá cerca de 520%. Os principais responsáveis por esse crescimento serão as redes sociais em vídeo, como o Tik Tok, além do de aplicativos de vídeos curtos, como o Instagram e o Snapchat.

A empresa de análise de mercado também comenta que a Disney deverá bagunçar o mercado de streaming de vídeos pois, ao lançar o Disney+, ela possivelmente terá quatro dos principais aplicativos de streaming de vídeo do mundo (Disney+, Hulu, ESPN+ e ABC). A App Annie acredita que isso não será interessante para o consumidor, pois irá pulverizar ainda mais os conteúdos em diferente canais, criando um cenário parecido com o da TV a cabo e que poderá impulsionar o aumento da pirataria.

Harry Potter: Wizards Unite

Tempo necessário para cada jogo alcançar US$100 milhões em receitas (Imagem: App Annie)

Quando a Niantic revelou que o próximo jogo da empresa seria um game parecido com Pokémon Go, mas no mundo de Harry Potter, a empresa levou ao delírio até mesmo aqueles que não têm muito costume de jogar no celular. E é isso que faz a empresa de análise acreditar no sucesso do jogo.

Ainda que a franquia Pokémon tenha o dobro do valor de mercado de Harry Potter, o novo jogo da Niantic possui um fandom fiel que costuma não se importar de gastar suas economias em produtos da marca. Além disso, o jogo não sofrerá do mesmo problema de Pokémon Go: enquanto a Niantic teve que se dedicar a explicar o funcionamento de um jogo em realidade aumentada para um público que estava ouvindo falar sobre o assunto pela primeira vez, esse tipo de conteúdo não será mais novidade durante o lançamento de Wizards Unite. Graças a isso, a Niantic poderá se dedicar a realmente vender o jogo para potenciais novos clientes. O público para os jogos são diferentes, e ainda que não se espere que o jogo tenha o mesmo sucesso de Pokémon Go (que alcançou uma receita de US$100 milhões nas primeiras duas semanas do lançamento), a App Annie acredita que o game de Harry Potter não ficará tão atrás, e deverá chegar na marca de US$ 100 milhões em apenas um mês.

Anúncios internos

Crescimento do mercado de anúncios dentro de aplicativos (Imagem: App Annie)

Em 2018, 62% de todo o valor gasto em anúncios digitais são investidos em anúncios dentro de aplicativos, o que se traduz em um crescimento de 12% em comparação a 2017.

Por isso, a App Annie acredita que em 2019 ocorrerá um aumento de cerca de 60% no número de aplicativos que utilizam sistemas de monetização de anúncios dentro do app, o que deverá aumentar a competição entre os anunciantes, obrigando-os a melhorarem seus anúncios.

Fonte: App Annie/ Canal Tech

Nplan Marketing

 

You Might Also Liked

Quem não se transforma, não sobrevive Em 2019, cuide da sua principal marca: você! 7 tendências para o varejo em 2019 Globo de Ouro 2019 | Confira a lista completa de vencedores Mercado Livre amplia serviços financeiros e lança cartão de crédito em 2019
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *