X
Menu
X

Spotify lança relatório sobre millennials e geração Z

Spotify lança relatório sobre millennials e geração Z

O Spotify, em parceria com a Culture Co-Op, agência de pesquisa, divulgou, nesta quarta-feira, 5, o primeiro Relatório Anual de Tendências da Cultura, que revela cinco características e tendências dos millennials e da geração Z relacionadas ao streaming. De acordo com o Spotify, o estudo foi feito com pessoas de 15 a 37 anos de países como Austrália, Filipinas, Brasil, México, Reino Unido, Alemanha, França e Estados Unidos e tem a premissa de compreender melhor o está no horizonte desses jovens em relação tecnologia, moda, música, esportes e mais.

A plataforma também comenta que essas características servem “para entender e se conectar com a primeira geração de cidadãos verdadeiramente globais do mundo, independentemente de usarem ou não um toca-discos”, diz em comunicado.

1. Conexões emotivas
Os jovens expressam e abordam seus sentimentos, muitas vezes por meio da música, sendo que o hábito entre eles de ouvir playlists de músicas tristes cresceu 45% ano após ano. Além disso, 50% dos participantes do estudo disseram que compartilham seus sentimentos de tristeza e solidão.

2. Vidas nômades
Essas gerações também acreditam no poder que a música tem de conectar as pessoas e culturas diferentes. São o grupo de pessoas que mais ouvem música internacional. Mais da metade dos participantes afirmam que são amigos online de pessoas de outros países. A pesquisa revelha que foi dessa forma que o K-Pop se tornou um dos dez gêneros mais difundidos em todo o mundo.

3. Atração subliminar
Descobrir coisas novas é a fundamental para essas gerações. Seus membros acreditam que qualquer um pode se tornar um influenciador e que ser alguém relacionável gera mais confiança e felicidade. Dos entrevistados, 25% afirmam que a cultura não é influenciada por um grupo definido, mas sim por todos ao mesmo tempo.

4. Política pop
Os jovens querem fazer parte da conversa política. Podcasts de notícias e política estão entre os mais ouvidos entre os millennials e a geração Z. 68% dos entrevistados comentam que esperam que as marcas façam parte do debate, promovam valores progressistas e desempenhem um papel mais significativo na sociedade.

5. Som onipresente
Cerca de 56% dos jovens concordam que o áudio serve de fuga para o excesso de estímulo visual. Além disso, o áudio não é apenas ruído de fundo, segundo 50% deles. Ele desempenha um papel enorme em suas rotinas.

Confira o infográfico abaixo com dados sobre o Relatório Anual de Tendências da Cultura:


**Crédito da imagem no topo: Malte Wingen/Unsplash

Fonte: Meio e Mensagem

Share
Tags

Nplan Marketing

 

You Might Also Liked

McDonald’s prepara playlists no Spotify para McFritas Spotify adiciona créditos de composição e produção ao aplicativo para iOS Spotify deixa usuários de versão gratuita pularem anúncios Spotify questiona usuários em relação à marca
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *